Setor de veículos tem o maior crescimento em quatro anos

foto

Com alta de 24,5% em relação a igual período de 2016, as compras de veículos no Brasil tiveram em setembro a maior taxa de crescimento dos últimos quatro anos, em comparação com o mesmo mês do ano anterior. Desde abril de 2013, quando os emplacamentos subiram mais de 29%, o mercado não registrava avanço tão expressivo. Diante dos números positivos, a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) revisou para cima a projeção do aumento das vendas.

Para 2017, o setor esperava vender 4,3% a mais do que em 2016. Mas, após apurar alta de 7,9% do total vendido nos nove primeiros meses deste ano (1,6 milhão de unidades), a Fenabrave elevou a expectativa de crescimento para 9,9%. A projeção se baseia na confiança de que o mercado vai movimentar uma média próxima de 200 mil veículos por mês até dezembro, a exemplo do que ocorreu em setembro, quando os licenciamentos de carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus chegaram a 199,2 mil.

Pela análise da Fenabrave, a redução do desemprego, que começou a cair antes do previsto, permitiu uma melhora na confiança dos consumidores. Além disso, a recuperação do crédito a automóveis, que mostra alta de 8,3% neste ano, a queda de juros e a melhora da renda foram citadas pela federação como fatores que vêm permitindo a recuperação do mercado.

Também ajudou a melhorar os volumes a safra recorde de grãos, que estimulou as vendas de veículos de carga. Ainda que não tenha divulgado as previsões para 2018, o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Jr., disse ter confiança de que os números do ano que vem serão ainda melhores.


Fonte: O Tempo